Conheça antes os riscos das cirurgias plásticas estéticas

riscos cirurgias plasticas

Quer entrar na faca para ficar mais bonito?  Uma operação cirúrgica como a que interessados em plástica se envolvem tem riscos que devem ser atentados. Muitas vezes minimizados pela vontade de se sentir melhor com seu próprio corpo. Os riscos devem ser bem entendidos antes da decisão de se submeter a qualquer tipo de tratamento, principalmente os que envolvem procedimentos de cirurgia. E escolher um profissional experiente em cirurgia plastica porto alegre pode fazer toda a diferença. Listamos aqui cinco dentre os principais riscos que você deve estar ciente.

1 Hematomas

São formados pela coagulação do sangue na parte interna da pele. Tendem, nos casos normais, a serem resolvidos pelo próprio corpo. Porém podem gerar até mesmo novas cirurgias e um acompanhamento mais de perto. Estima-se, por exemplo, que até 2% dos procedimentos de face-lift tenham complicações com hematomas. Sendo mais recorrente no caso dos homens em função dos folículos capilares da barba. Noutras cirurgias, a ocorrência tende a ser menor que 1% dos casos.

2 Seroma

Sendo mais comum no procedimento de abdominoplastia, a Seroma ocorre em diversos tipos de cirurgia. Entre os principais sintomas estão o inchaço no local da cicatriz, somado a algum tipo de flutuação e dor na região. Ficando a pele avermelhada e havendo um aumento da temperatura próximo a cicatriz. É possivel também que haja a liberação de um líquido branco amarelado (pus).Drenos e mesmo antibióticos são usados para minimizar as consequencias quando há essa complicação.

3 Necrose

A Necrose se configura quando há morte do tecido corpóreo em função da manipulação cirúrgica. É praticamente inevitável em cirurgias que geram sangramentos. Porém, um cirurgião experiente consegue minimizar seus efeitos utilizando o suprimento de sangue adequado. O risco é maior em pessoas que são fumantes, pois há nessas uma redução no fluxo sanguíneo, principalmente para os tecidos da pele.

4 Lesão em nervos

Sempre que a pele é cortada, nervos são cortados. Mesmo que pequenos, muitas vezes podem gerar consequências complicadas. Principalmente nos procedimentos de face-lift, onde a pele do rosto é cortada. A incidência de casos graves é de uma em mil cirurgias. Sendo que cirurgiões mais experientes tendem a saber melhor como evitar tais problemas. Ainda que, quando ocorridos, podem gerar danos permanentes e marcantes.

5 Infecções

Recorrente em muitos tipos de cirurgia, as infecções podem ser de diversos níveis e devem ser devidamente controladas. Procedimentos como a lipoaspiração onde gera-se feridas grandes, principalmente internamente, há brecha para que uma infecção se alastre mais rapidamente. É necessário em casos de ocorrência, que o tratamento seja imediato. Quesitos como esterização dos equipamentos e do local de cirurgia são básicos para evitar infecções. Além disso, o paciente deve ser saudável para minimizar possíveis complicações.

Todos os momentos de nossa vida estamos imersos a riscos. Alguns mais provaveis que outros porém todos tem sua parcela de viabilidade e podem influenciar nosso caminho. Em cirurgias plásticas, existem diversos riscos. Porém se bem cuidados e devidamente acompanhados de um profissional habilitado e experiente, suas consequências tendem a serem nulas ao longo do tempo. Informe-se ao máximo e não deixe de analisar o que será feito caso algo imprevisto aconteça. Estar preparado pode fazer toda a diferença.

Para mais informações sobre tratamentos estéticos acesse os sites:
http://aindamaisbonita.com.br

Deixe uma resposta

Your email address will not be published / Required fields are marked *