Os 4 pilares do corpo perfeito

Muitas pessoas passam anos de suas vidas em busca de um corpo perfeito. Porém, enquanto não se percebe a importância de 4detalhes primordiais para esta conquista, elas continuam andando em círculos e não conseguem uma melhora estética significativa.
Um corpo bem torneado e definido depende dos seguintes fatores:

TREINAMENTO:

muitos pensam que é fácil. Acham que é só seguir uma série de exercícios que o ¨amigo fortão¨ ou a ¨amiga malhada¨ passaram e ficarão como eles. É importante entender que cada organismo reage de uma forma diferente aos treinamentos. É importante que esta questão seja avaliada por um profissional de Educação Física e sejam traçadas estratégias personalizadas de treinamento para cada pessoa.

ALIMENTAÇÃO:

não adianta nada você ter o melhor treino do mundo se você não se alimenta adequadamente. Possuir hábitos alimentares que acompanhem os objetivos do treinamento é um detalhe de suma importância. A grande maioria das pessoas ¨acha¨ que sabe se alimentar bem e comete erros grosseiros em relação às dietas. Um acompanhamento de um profissional de nutrição é o caminho mais seguro para bons resultados.

RECUPERAÇÃO:

a maioria acha que quanto mais se treina, melhor se fica. Outro enorme engano. O treinamento físico gera uma situação de estresse e desgaste para o corpo. Os resultados, na verdade, só aparecem durante o descanso. Se você treina demais e não respeita os intervalos de recuperação que cada atividade pede, obviamente vai acabar perdendo massa muscular, dificultando a perda de gordura, isto leva a uma maior flacidez e ainda a uma queda da resistência imunológica natural. Treinar demais é um grande pecado. O ideal é treinar pouco, porém na atividade correta e com a intensidade correta.

GENÉTICA:

muitos buscam resultados impossíveis de serem atingidos. É importante entender que cada ser humano já nasce programado geneticamente a atingir um determinado nível estético. Algumas pessoas atingem este nível e ficam revoltadas por não conseguiremmelhorar mais. Não adianta se revoltar. Quando esta barreira genética é atingida, o único que pode fazer algo a mais é um bom cirurgião plástico. Bom lembrar também que o que se consegue aos 20 anos de idade, dificilmente será atingido por alguém de 35.

Estes 4 fatores constituem a base de um corpo esteticamente invejável. O importante é saber estabelecer o equilíbrio entre estes fatores. Receita de bolo: treine não mais que o necessário nas atividades e intensidades adequadas, siga hábitos alimentares condizentes com o objetivo do treinamento, descanse o suficiente entre os treinos e conseguirá atingir o corpo que tanto almeja. Se ainda assim a genética te for uma barreira, sente-se à mesa de um bom cirurgião plástico. Afinal, ¨para tudo sempre existe um jeitinho!¨

Deixe uma resposta