Qual é a diferença entre franquia e licenciamento de produto?

franquias e de suplementos

No mundo da suplementarão existem diversas maneiras de empreender e construir uma carreira de sucesso com vendendo para este nicho de mercado que cresce todos os anos, afinal, quem não quer viver mais saudável e bonito?

Muitas vezes quando estamos com capital de giro necessário para investir em uma oportunidade de negócios, esbarramos em dois modelos básicos: franquia e licenciamento de produtos. Mas afinal, qual é mesmo a diferença destes dois? E quais são as vantagens e desvantagens de cada modelo?

Franquia: A franquia é uma licença que proporciona a operação de um negócio ou uma marca através de uma rede de apoio comum, que envolve o pagamento de taxas iniciais e/ou royalts.

Licença: Apesar de franquia ser um tipo de licença, a recíproca destes termos não é verdadeira. Por exemplo, quando você compra um software como Adobe Photoshop e Microsoft Office, você compra apenas uma licença dos programas que permitem o uso por determinado período (geralmente contigo no contrato de licença).

Licenciamento funciona melhor quando uma empresa tem um produto para distribuir. Quando uma empresa está sob um contrato de licença, o dinheiro é feito como o Licenciado adquire continuamente produto ao licenciante em vez de receber royalties. O modelo de contrato de licença funciona melhor quando existem produtos que amarram o Licenciado ao licenciante e não há preocupação ou padrões estabelecidos de como o negócio do Licenciado opera. Para ilustração, melhores exemplos que eu posso pensar são esteiras de lavanderia, máquina de venda automática ou embalar empresas / mail / transporte.

Franchising é uma indústria regulamentada estabelecido para proteger o comprador (empresário) e é considerado um “porto seguro” quando se trata de entrar em negócios. Na verdade, muitos estados têm certos requisitos (muito mais rigorosos que as exigências federais), ao aprovar um franqueador para vender franquias em seu estado (mais sobre esse assunto mais tarde). A franquia é um modelo de negócio comprovado ao passo que o empresário está no negócio por si mesmos, mas não por si mesmos, porque o franqueador está lá para ajudar, orientar e ajudá-los a crescer (se executado corretamente). Licenciamento não tem essas garantias e se assemelha a uma água potável através de uma mangueira de incêndio, em seguida, deixado sozinho.

Para concluir este artigo, guarde estes 5 últimos conceitos

1. Exija que o negócio é operado sob o nome comercial (usando o seu nome e marcas);
2. Colete uma taxa (como uma taxa única ou taxa de royalties em curso);
3. Forneça marketing e apoio operacional;
4. Exija que cada empresa operar de certa maneira, seguindo os seus sistemas e procedimentos dados por você;
5. Colete relatórios mensais que indicam o desempenho financeiro das empresas.

Espero ter ajudado vocês nesta caminhada para montar sua franquia ou loja de suplementos! Qualquer dúvida dica ou sugestão deixe na nossa seção de comentários,

Abraço!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published / Required fields are marked *